Televendas (62) 3242-1022 - Goiânia - Go - Brasil
Reportagens na mídia - Brazil Electric

Feijão e eletricidade

Goiano desenvolve e comercializa a primeira bicicleta híbrida da América Latina com marcha para força do motor

Gracciella Barros

Fernando Leite Empresário Marlos de Souza passeia com bicicleta híbrida desenvolvida por ele A paixão pelo negócio levou o empresário Marlos de Souza e Silva, de 44 anos, a desenvolver a primeira bicicleta híbrida da América Latina com marcha para força do motor. O sistema genuinamente goiano envolve motor e bateria importados, que conseguem transportar peso máximo de 140 kg, com velocidade de até 100 km/h e autonomia de 50 quilômetros.

"Nós conseguimos juntar duas energias em um só veículo. A força do motor elétrico acoplado em marchas curtas com a força humana. Isso permite que as bicicletas possam ter alto desempenho e autonomia para qualquer tipo de uso, mesmo nas subidas mais íngremes ou cargas mais pesadas", explica o empresário, proprietário da Brazil Eletric Bike.

Com entusiasmo de um garoto que colocou as mãos pela primeira vez em uma bicicleta, Marlos conta o diferencial do invento que criou em relação aos concorrentes, principalmente as que utilizam motores chineses.

"Nosso motor é alemão, de alto nível, e acoplado ao sistema de marchas da própria bicicleta. Com isso, o condutor vai trocando de marchas de acordo com a necessidade. Você usa as marchas curtas para subir com força, sem pedalar, e marchas longas para andar no plano. O motor chinês tem uma única marcha, acoplada ao cubo, que mantém a mesma toada, subindo ou descendo. Por isso, nossos veículos customizados podem alcançar velocidades de até 100 km/h."

O desempenho e confiabilidade do sistema proporcionou que Marlos criasse também um triciclo elétrico de carga, que pode ser utilizado tanto para auxiliar na segurança de condomínios fechados e parques (rondas), quanto para entrega de produtos diversos no dia a dia. "Sem barulho, dentro da legislação vigente e com economia", adverte.

As bicicletas elétricas de uso híbrido têm preços a partir de R$ 2.190, a linha pop, com motor chinês, e R$ 3.190, a linha plus, com motorização alemã e sistema de marchas para força do motor. Modelos totalmente customizáveis podem alcançar valores de até R$ 12 mil.

"Nós temos no trânsito hoje veículos que carregam mil quilos transportando 70 kg. Do ponto de vista prático e da cidadania, isso é muito ruim. Minha proposta é um veículo de 20 kg para carregar 70kg. Sei que minha bicicleta não é a solução de tudo, pois a saída para o fim do trânsito caótico nas grandes cidades passa por mudanças no sistema multimodal, mas já é uma alternativa, viável e econômica."

A recarga da bateria pode ser feita numa tomada comum residencial e dura de 4 a 6 horas. O motor utiliza o sistema brushless, com ruído reduzido, vida útil mais longa e praticamente livre de manutenção. "Acho que minha grande sacada foi adaptar com eficiência o motor elétrico aos mais de 100 anos de desenvolvimento da bicicleta."

Mercado

A Brazil Eletric foi fundada em 1996, mas a utilização dos motores alemães começaram em 2004. Segundo Marlos, a empresa já nasceu na internet, com 90% do mercado fora de Goiás, principalmente em São Paulo e Rio de Janeiro. Com crescimento de 20% ao ano e quatro funcionários, ele acredita que ainda há barreira cultural para a adesão das pessoas ao uso constante da bicicleta elétrica. “É um equívoco esperar que o poder público construa ciclofaixas. É preciso criar caminhos alternativos, conhecer a cidade.”

A empresa disponibiliza aos empresários interessados franquias da Brasil Eletric com treinamento técnico, comercial e suporte para pós-vendas. A recomendação dos franqueadores é que o negócio seja montado em cidades com mais de 50 mil habitantes e disponibilize investimento inicial de R$ 100 mil, inclusive com estoque. Além da contratação de dois a três funcionários.

Rio +20

A convite da Organização das Nações Unidas (ONU), Marlos de Souza e Silva apresentou o projeto da bicicleta elétrica que desenvolveu no Fórum de Mobilidade por Meio Elétrico da Conferência sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, ano passado. Ele esteve ao lado de presidentes de montadoras como BMW e Renault-Nissan. "Eu estava lá como fabricante de veículos. O único do Brasil. E dei palestra. Mostrei as vantagens do equipamento genuinamente brasileiro."

Serviço:

Brazil Eletric Bike - (62) 3242-1022 - 3093-3943 - 3093-4618

Endereço: Avenida Segunda Radial, nº 364, Qd. 119, Lt. 05, Setor Pedro Ludovico, Goiânia (GO) - em frente ao 8º DP

www.brazilelectric.com.br / contato@bicicletaeletrica.com.br

 

 
Av. 2ª Radial Nº 364 Qd. 119 Lt. 05 - Setor Pedro Ludovico | CEP: 74.820-090 | Fone: (62) 3242-1022 - (62) 3093-3943 - (62) 3093-4618 - | Goiânia - Goiás - Brasil | contato@bicicletaeletrica.com.br